Home OKR Como criar OKR eficientes
OKR

Como criar OKR eficientes

E normal que você queira incentivar sua equipe a estabelecer metas desconfortáveis ​​e ambiciosas. Quando se trata de OKRs, o sucesso é marcado por ultrapassar os limites percebidos; portanto, a primeira coisa que você deseja fazer é estabelecer objetivos que levem as equipes a se esforçarem. Eles podem não alcançar a linha do gol, mas se eles se aproximarem, você já estará à frente do jogo.

O primeiro passo é realizar uma reunião de brainstorming em que sua equipe possa estabelecer quais metas terão maior impacto no próximo trimestre. Faça a pergunta: “Quais são os impactos mais importantes que precisamos causar no próximo trimestre?”

Identifique os Resultados Chave

Depois de estabelecer seus objetivos, você precisa descobrir os principais resultados. Evite transformar seus KRs em uma lista de tarefas, concentrando-se nos resultados relacionados às prioridades dos negócios. Seus KRs precisam explicar como determinadas tarefas produzirão os resultados desejados. 

Para tornar seus objetivos mensuráveis, você terá que considerar cada objetivo e os resultados desejados. Como as metas são inerentemente qualitativas, você deseja oferecer uma maneira objetiva de medir o sucesso. Cada KR também deve ter um proprietário na equipe – essa pessoa é responsável por acompanhar o progresso e encontrar maneiras de alcançar o resultado desejado.

Práticas recomendadas para um bom OKR

Os OKRs são usados ​​para o estabelecimento de metas individuais e de equipe para ajudar os profissionais do conhecimento a priorizar o trabalho em ambientes de ritmo acelerado. É importante manter o foco nas prioridades mais importantes.

Os OKRs são valiosos como uma ferramenta para priorizar iniciativas e definir os resultados desejados para esses objetivos. Eles estabelecem o objetivo e os resultados desejados que você deseja afetar com o seu trabalho.

Você pode se interessar por:  Por que os OKRs falham?

Veja lista com recomendações para uma boa definição de OKRs:

  • Coloque o cliente em primeiro lugar
  • Não economize em ambição
  • Associe OKRs a objetivos maiores da empresa
  • Crie apenas Os e KRs suficientes
  • Se você não pode medir, não é um bom KR
  • KRs são resultados – não tarefas
  • Atribuir proprietários de KR

Quando seus OKRs estiverem concluídos, você deverá avaliá-los para descobrir o que funcionou e o que precisa mudar no futuro. Pergunte a si e à sua equipe se seus objetivos eram ambiciosos o suficiente, se os principais resultados eram mensuráveis, se todos os OKRs foram ignorados, se eles permaneceram alinhados com a estratégia de negócios e se a organização sentiu-se investida nos OKRs. Você vai querer estabelecer o que aprendeu e aplicar o aprendizado no próximo trimestre.

Verificar progresso

Depois que esses objetivos e resultados principais forem estabelecidos, convém que sejam feitos check-ins regularmente, para que todos saibam quando estão sendo mantidos e possam se preparar na hora de relatar. Isso vale para todos na organização, de cima para baixo. O sucesso dos OKRs depende do fato de que todos os membros da empresa são claros sobre quais são seus objetivos, bem como os objetivos de seus colegas de equipe.

Mas nem tudo é trabalho. Agora que você possui uma estrutura para definir metas e acompanhar o desempenho, não pode negligenciar o sucesso gratificante. Isso significa reconhecer e comemorar quando as metas são alcançadas ou quando um progresso significativo é alcançado. Ele reconhece o trabalho árduo que sua equipe realizou e ajuda a criar equipes mais unidas que trabalharão ainda mais produtivamente no futuro.

Exemplo OKR

Para entender melhor os OKRs, vamos dar uma olhada em um exemplo de OKR que uma equipe de marketing por email pode definir.

Você pode se interessar por:  Como funcionam os OKRs em uma empresa pequena, média e grande?

Objetivo:

  • Aumente as inscrições de software por e-mail em 50% até o final do terceiro trimestre.

Resultados Chave:

  • Aumentar a taxa de abertura de e-mail em 50%
  • Aumente a taxa de cliques de e-mail em 30%
  • Diminuir a taxa de rejeição de e-mails em 20%

Como você pode ver, é um processo simples que define objetivos claros, porém desafiadores. No entanto, há muito mais para executar OKRs do que apenas anotá-las.

Author

Ingo Porto

Consultor sênior na área de planejamento estratégico. Ingo tem 41 anos, possui MBA em Gestão de Projeto e é atuante no mercado de TI desde 1997. Especialista em Planejamento Estratégico usando OKR, foi sócio de 3 empresas e 9 startups, o que lhe gabaritou a orientar dezenas de startups voluntariamente através da ACE Startups, do Porto Social, do StartPB, da FOZ Incubadora e da Campus Party (um dos maiores eventos de tecnologia do mundo), onde foi premiado como melhor mentor de startups (http://www.secti.pe.gov.br/balanco-startups-sao-premiadas-na-cprecife4/). Foi Analista de Planejamento e Gerente de Projetos de TIC na Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco e atualmente é Líder Executivo da Grite Soluções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *